Micropulverizador de precisão para aplicação de entomopatógenos

Gabriel Moura Mascarin

Resumo


Um micropulverizador portátil de baixo custo e fácil manuseio foi desenvolvido para experimentos envolvendo aplicações aquosas de diferentes entomopatógenos e inseticidas. O
dispositivo foi calibrado usando diferentes combinações de pressão e tempo para aplicar uma ampla gama de doses numa superfície plana. Discos de papel-filtro foram pulverizados com corante azul para verificar a uniformidade das deposições (cobertura). A relação entre suspensão conidial de fungos entomopatogênicos e a deposição obtida desses propágulos numa superfície plana foi determinada.
A combinação de 10 PSI e 3 s conferiu a melhor uniformidade de cobertura resultando num volume de deposição de 2,15 μL cm -2 (= 215 L ha -1). A deposição de conídios foi positivamente linear às concentrações e esta relação foi similar para os fungos testados. Com base numa regressão linear comum a todos os fungos testados, foi possível estimar uma deposição de 150 conídios mm -2 (=1,5×10 12 conídios ha -1) à concentração de 1×10 7 conídios mL -1. Uma vez calibrado, este equipamento de pulverização pode ser utilizado numa variedade de bioensaios em pequenas arenas para teste de eficácia de entomopatógenos e pesticidas químicos.

Palavras-chave


controle biológico; sistema de pulverização; fungos entomopatogênicos; bioensaios.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/BA.v8.0.114

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Sociedade Entomológica do Brasil