Efeito de Pós Vegetais sobre a Oviposição de Callosobruchus maculatus (Fabr.) (Coleoptera: Bruchidae) em Feijão-Caupi

Maria de Jesus P. de Castro, Paulo Henrique Silva, Jonas R. Santos, José Algaci L. da Silva

Resumo


RESUMO – Callosobruchus maculatus é considerado uma das principais pragas do feijão-caupi (Vigna unguiculata (L.) Walp.) em condições de armazenamento. Na busca de alternativas ao controle químico deste inseto, determinou-se, em laboratório, a bioatividade dos pós de quatro espécies vegetais: Piper tuberculatum, Lippia sidoides, Sapindus saponaria e Melia azedarach sobre C. maculatus, avaliando-se o efeito dessas plantas em relação à preferência para oviposição do inseto em grãos. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado com oito tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos constaram na mistura de pós com grãos de feijão-caupi numa proporção de 10% que juntamente com a testemunha constituíram oito tratamentos. Nos ensaios, utilizou-se olfatômetro de oito vias. Oitenta insetos adultos foram liberados com chance de escolha entre os tratamentos. Após uma permanência de 48h, os adultos foram retirados e o número de ovos nos grãos anotados. O tratamento mais eficiente foi o pó de folhas de L. sidoides que propiciou 100% de controle, seguido por frutos de P. tuberculatum, sementes e folhas de S. saponaria. Os demais tratamentos não afetaram de forma significativa a oviposição de C. maculatus.

Texto completo:

ABSTRACT HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/BA.v5.0.44

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Sociedade Entomológica do Brasil