Antifeedant and Repellent Effects of Extracts of Three Plants from Córdoba (Argentina) Against Sitophilus oryzae (L.) (Coleoptera: Curculionidae)

Adriana Viglianco, Ricardo Novo, Clara Cragnnolini, Mirta Nassetta, Alicia Cavallo

Resumo


Extratos brutos em etanol, clorofórmio e hexano de três plantas de ocorrência freqüente na província de Córdoba, [Aloysia polystachia (Griseb) Moldenke (Verbenaceae), Solanum argentinum Bitter et Lillo (Solanaceae) e Tillandsia recurvata (L.)L. (Bromeliaceae)] foram avaliadas em relação à repelência e deterrência alimentar sobre Sitophilus oryzae (L.). O potencial antialimentar desses extratos foi determinado através do teste de deterrência ou dissuasão nutricional utilizando-se discos constituídos de trigo. Para cada extrato determinou-se o Coeficiente de Deterrência Total (T). Para a avaliação da repelência foram conduzidos testes utilizando-se papéis de filtro separados em duas partes iguais. Os extratos foram aplicados numa dessas partes em concentração de 0,31 mg.cm-² e posteriormente determinadas as porcentagens de repelência (PR) de cada extrato. Comparando-se todas as espécies vegetais e solventes avaliados, os extratos em clorofórmio (classe ++++) de A. polystachia seguido pelos extratos em etanol (classe ++++) e em hexano (classe +++) dessa mesma espécie, apresentou o maior efeito deterrente sobre S. oryzae. Observou-se ainda um moderado efeito de repelência dos extratos de S. argentinum e A. polystachia sobre S. oryzae, destacando-se o extrato em hexano de S. argentinum como o mais efetivo repelente (classe 4). Entre os extratos avaliados, o extrato em clorofórmio de A. polystachia apresentou o mayor efeito deterrente e o extrato em hexano de S. argentinum o maior efeito de repelência.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/BA.v3.0.55

Sociedade Entomológica do Brasil