Efeito de Metarhizium anisopliae (Metsch.) Sorok. e Beauveria bassiana (Bals.) Vuill. Sobre o Ácaro Predador Iphiseiodes zuluagai Denmark & Muma (Acari: Phytoseiidae)

Rodrigo Soares Barreto, Edmilson Jacinto Marques, Manoel Guedes Corrêa Gondim Junior, José Vargas Oliveira, Josinélia Fernandes Ferreira, Hugo José Gonçalves Santos Junior

Resumo


Objetivou-se com este trabalho avaliar a seletividade do isolado 645 de Beauveria bassiana (Bals.) Vuill. e CG 321 de Metarhizium anisopliae (Metsch.) Sorok., na concentração de 108 conídios/mL, sobre fêmeas recém emergidas de Iphiseiodes zuluagai Denmark & Muma (Acari: Phytoseiidae). A pesquisa foi realizada no Laboratório de Patologia de Insetos da Universidade Federal Rural de Pernambuco, em Recife, nas condições de 26,5 ± 0,6º C, 78,4 ± 4,2% de UR e fotofase de 12h. Utilizou-se discos de folha de feijão de porco Canavalia ensiformes (D. C.) com 3,5 cm de diâmetro, os quais foram imersos em suspensão do patógeno. Os discos foram acomodados em placas de polietileno em um alfinete preso no meio através de cola quente (silicone), dentro de placa de Petri com água destilada. Durante o experimento foram utilizados para alimentação dos predadores, ovos de Tetranychus urticae Koch., pólen de mamoneira Ricinus commuuris (Linn) e para abrigo do predador fios de algodão colocado sob uma lâminula. A percentagem de mortalidade total provocada pelo isolado 645 de B. bassiana foi de 35,94 % e a mortalidade confirmada de 32,81 %. O isolado CG 321 de M. anisopliae promoveu mortalidade total de 42,19 % e confirmada de 35,94 %.

Texto completo:

ABSTRACT HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/BA.v6.0.75

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Sociedade Entomológica do Brasil